10 coisas que você deve aprender com Harry & Sally

quarta-feira, 22 de setembro de 2010


Harry & Sally - Feitos Um para o Outro, a clássica comédia de 1989 dirigida por Rob Reiner e estrelada por Billy Crystal e Meg Ryan, foi baseado nas experiências amorosas frustradas de Reiner, Crystal e Nora Ephron (que assinou o roteiro e depois dirigiria Mensagem para Você e A Feiticeira). Se você não assistiu ainda, está perdendo um dos melhores filmes já produzidos sobre relação homem-mulher. Aqui listamos dez principais lições que podem ser tiradas de seu roteiro brilhante, mas acredite, existem muito mais.

1. A primeira impressão não é a que fica


Nos dois primeiros encontros dos personagens principais, eles se odeiam. Harry é machista e Sally é fresca demais. Depois se tornam grandes amigos. Assim, não tire conclusões precipitadas quando conhecer essa ou aquela pessoa. Quem sabe com o tempo, vocês não farão um grande casal?

2. Existem dois tipos de mulher: alta manutenção e baixa manutenção

As mulheres de alta manutenção são aquelas que querem tudo do jeito delas, alteram pratos no restaurante e acham que estão sempre certas. Obviamente que transmitem aquele sentimento de ser a última bolacha do pacote, mas o grande problema mesmo é que nós, homens, não resistimos a elas! As de baixa manutenção são mais fáceis de se lidar, mas e o espírito de aventura, como fica?

3. Mulheres querem amizade, homens querem sexo


Harry fala, com toda a propriedade do mundo, que nenhum homem consegue ser amigo de uma mulher atraente sem querer levá-la para a cama. E complementa: o mesmo acontece com as amigas não tão atraentes. Isso até tem um fundo de verdade, mas é preciso de muita maestria para conquistar a menina, depois de ter passado pela fronteira do "melhores amigos". Lembre-se que, se bem-sucedido, as coisas podem não ser mais as mesmas depois de uma noite lancinante de amor e a amizade tem grandes chances de morrer. Se mal-sucedido também!

4. Seus amigos só querem saber se você fez uma mulher miar

Essa é uma característica típica do mundo masculino que o filme aborda em uma de suas cenas mais hilariantes: Harry desabafa todos seus sentimentos a seu melhor amigo, interpretado pelo (infelizmente) já falecido Bruno Kirby, e este só fica deslumbrado com o fato do primeiro ter feito uma mulher miar na cama. Mais macho, impossível!

5. Mulheres sabem fingir o orgasmo

E não adianta você sair dizendo que sabe reconhecer quando é fingimento porque muitas vezes o desempenho delas merece um Oscar. O melhor nesses casos é manter um diálogo aberto e sincero com a menina em relação ao que cada um gosta na intimidade. E não a provoque muito ou ela simula um orgasmo em uma lanchonete lotada, tal qual a Sally!

6. Mulheres ficam horrorizadas quando o primeiro encontro é ruim

Sally vive um inferno quando sai com um cara que lá pelas tantas arranca um fio de cabelo dela para usar como fio dental! E aí não tem perdão. Se a primeira saída com a gata for ruim, ela provavelmente não te dará muita chance para um repeteco, mas...

7.Homens fazem sexo, mesmo se o encontro for ruim

Já Harry sai com uma menina antipática, sem um pingo de senso de humor, que ainda o leva a um restaurante etíope (o que o faz comentar:"ué, existe comida na Etiópia? Vai ser um jantar rápido. Peço dois pratos vazios e vamos embora"). Mesmo assim, ele dorme com ela. Aí está mais uma particularidade dos homens: vale ir para a cama com a menina mesmo que ela não valha à pena. Depois é só esquecê-la!

8. Encontros à escura podem ser uma roubada
Harry quer apresentar seu amigo Jess à Sally. Já Sally quer apresentar sua amiga Marie a Harry. O encontro em dois casais acaba com Jess e Marie saindo juntos e se casando! Então cuidado quando alguém disser que tem a pessoa perfeita para você. Se não investigar muito bem antes, você pode acabar sozinho, frustrado e provavelmente bêbado.

9. O grande problema com as mulheres

Segundo Harry, é o tempo que elas querem ficar abraçadas depois do sexo, que varia entre 30 segundos e noite toda. Nessas horas é importante pesquisar exatamente o que ela vai querer para não ter que escutar depois o quão insensível (ou grudento) você é.

10. Todo casal tem uma história

O filme todo é entrecortado com casais idosos contando como se conheceram (as historinhas, aliás, eram reais, os casais não). Essa talvez é a maior coisa de um relacionamento: se lembrar depois do primeiro momento que você a viu e sentiu que queria ficar com ela por um bom tempo.

A famosa cena do orgasmo fake:




Impagável é a velhinha do lado dizendo "eu quero o mesmo que ela pediu!".


Aviso: tire as crianças da sala!Ahahah!

Retirado daqui

Bjkssss

Ly

Seguidores